METODOLOGIA DO TESTE DE CONDUTIVIDADE ELÉTRICA EM SEMENTES DE SORGO GRANIFERO

ARTHUR RODRIGUES MARQUES, ALEK SANDRO DUTRA

Resumo


RESUMO - A condutividade elétrica da solução de embebição de sementes é um procedimento recomendado para avaliar o vigor de sementes, porém, ainda não se tem um procedimento padrão para diversas espécies. Objetivou-se determinar o tempo e a temperatura adequadamente combinados para o teste de condutividade elétrica em sementes de sorgo (Sorghum bicolor L.). A conditividade elétrica da água de embebição foi medida usando um condutivímetro, com temperatura na estufa encubadora BOD de 20, 25 e 30 °C em períodos de 2, 4, 8, 16, 20 e 24 horas usando 50 e 25 mL de água destilada. O experimento foi designado em um esquema fatorial de 3x6x2 e aleatoriamente agrupado, com cinco repetições de 50 sementes por amostra. Os resultados evidenciaram que o aumento do tempo de embebição das sementes e da temperatura causou um aumento nos valores de condutividade elétrica. A temperatura afetou significativamente os valores de condutividade elétrica e os melhores resultados foram obtidos a 25 e 30 °C. As sementes embebidas em 25 mL de água destilada apresentaram maiores valores de condutividade elétrica independentemente da temperatura para todos os períodos de tempo. Concluiu-se que a temperatura de 30 °C no período de embebição de 16 horas e volume de 25 mL de água é a combinação mais adequada para realizar o teste de condutividade elétrica em sementes de sorgo.

Palavras-chave: Sorghum bicolor, germinação, vigor.

METHODOLOGY FOR THE TEST OF ELECTRICAL CONDUCTIVITY IN GRAIN SORGHUM SEEDS

ABSTRACT - The electrical conductivity of the seed imbibing solution is a recommended method of evaluating seed vigour, but there is still no standard method for the different species. The aim of this study was to determine a suitably combined time and temperature for the test of electrical conductivity in sorghum seeds (Sorghum bicolor L.). The electrical conductivity of the imbibition water was measured using a conductivity meter, at temperatures in the BOD incubator of 20, 25 and 30 °C, and at periods of 2, 4, 8, 16, 20 and 24 hours, using 50 and 25 mL of distilled water. The experiment was designed as a 3x6x2 randomly grouped factorial scheme, with five replications of 50 seeds per sample. The results showed that increases in seed imbibition time and temperature caused an increase in the values of electrical conductivity. The temperature had a significant effect on the values of electrical conductivity, with the best results obtained at 25 and 30 °C. The seeds soaked in 25 mL of distilled water showed higher values for electrical conductivity independently of temperature for all periods. It was concluded that a temperature of 30 °C at an imbibition time of 16 hours, and volume of 25 mL of water is the most suitable combination to carry out the test of electrical conductivity on sorghum seeds.

Keywords: Sorghum bicolor, germination, vigour.


Palavras-chave


Sorghum bicolor. Germinação. Vigor

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v17n1p147-156