VARIAÇÃO INTRAPOPULACIONAL EM MILHO PARA CARACTERÍSTICAS RELACIONADAS COM A EFICIÊNCIA DE ABSORÇÃO E UTILIZAÇÃO DE FÓSFORO

CYNTHIA TORRES DE TOLEDO MACHADO, ALTAIR TOLEDO MACHADO, ÂNGELA MARIA CANGIANI FURLANI

Resumo


Foram avaliadas famílias endogâmicas S1 (FS 1), obtidas a partir da variedade experimental Eldorado (Nitrodente), em campo e em solução nutritiva, a fim de verificar a variabilidade intrapopulacional para características relacionadas à eficiência de absorção e utilização de fósforo (P). Em campo, foram avaliadas 200 FS 1 quanto à produção de grãos. Em solução nutritiva, foram determinadas características cinéticas de absorção de P e a morfologia do sistema radicular, além da produção de matéria seca, acumulação de P e eficiência de utilização do nutriente de duas subpopulações contrastantes quanto ao caráter produção de grãos. Verificou-se variabilidade entre as FS 1 e entre as subpopulações para a produção matéria seca e de grãos, eficiência de utilização de P, parâmetros cinéticos de absorção de P e morfologia do sistema radicular. Foram caracterizadas duas subpopulações bastante distintas, sendo que ND10, mais produtiva a campo, foi a de maior eficiência de utilização de P, menores Vmax, Km e Cmin e sistema radicular mais extenso. ND2, uma das subpopulações menos produtivas a campo, apresentou a menor eficiência de utilização de P em solução nutritiva, os maiores valores para Vmax, Km e Cmin e o sistema radicular menos desenvolvido. Essa variabilidade existente dentro da população indica o potencial para o melhoramento da variedade para a eficiência no uso de P.


Palavras-chave


Zea mays L., variabilidade genética, cinética, sistema radicular, eficiência nutricional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v3n01p%25p