PRODUÇÃO DE GRÃOS E FORRAGEM EM FUNÇÃO DA DISPONIBILIDADE LUMINOSA EM SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA-FLORESTA

EDUARDO DE PAULA SIMÃO, MIGUEL MARQUES GONTIJO NETO, SILVIO NOLASCO OLIVEIRA NETO, JOÃO CARLOS CARDOSO GALVÃO, EMERSON BORGHI, DENIZE CARVALHO MARTINS, ÁLVARO VILELA RESENDE

Resumo


RESUMO - Neste trabalho, objetivou-se avaliar a produtividade da forragem e grãos de milho e do capim braquiária em consórcio, submetidos a diferentes níveis de sombreamentos proporcionados pelos renques de eucaliptos, em sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, na região de Sete Lagoas-MG. O experimento foi conduzido na área experimental da Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas-MG, em área de cultivo de eucalipto (Eucalyptus urophylla, clone AEC 1528) implantado em 29 de outubro de 2013, em espaçamento 15x2 m entre plantas. Em 24 de novembro de 2015, foi realizada a semeadura simultânea em sistema plantio direto do milho (AG 8088 VT PRO) consorciado com capim braquiária (Urochloa brizantha cv. Marandu) em espaçamentos de 0,70 m entre linhas, a uma distância de 1 metro entre a primeira linha de semeadura do milho/braquiária e os renques de eucalipto. As produtividades de grãos e forragem de milho e de milho mais capim entre os renques de eucalipto foram semelhantes às produtividades em pleno sol a partir de 3,8 m de distância entre as linhas de milho e os renques de eucalipto. A produtividade de grãos e de forragens foi diretamente influenciada pela redução da distância entre as linhas de semeadura e os renques de eucalipto com três anos de implantação em espaçamento de 15x2. O componente arbóreo no sistema de Integração Lavoura-Pecuária- Floresta altera o ambiente no sub-bosque, reduzindo a incidência de radiação fotossinteticamente ativa entre os renques, diminuindo diretamente as produtividades de forragem e grãos de milho em cultivo consorciado com U. brizantha.

Palavras-chave: Zea mays, U. brizantha, eucalipto, cultivo consorciado.

GRAIN AND FORAGE PRODUCTION IN THE FUNCTION OF LUMINOUS AVAILABILITY IN INTEGRATED CROP-LIVESTOCK-FORESTRY SYSTEMS

ABSTRACT - The objective of this work was to evaluate the productivity of grass and maize forage, and maize grains submitted to different levels of shade provided by the eucalypt trees, in Integrated Crop-Livestock-Forest system, in the region of Sete Lagoas, State of Minas Gerais, Brazil. The experiment was carried out in the experimental area of Embrapa Milho e Sorgo, in Sete Lagoas, MG, in an area of eucalypt (Eucalyptus urophylla, clone AEC 1528) implanted on October 29, 2013, spaced 15x2 m between plants. On November 24, 2015, no-tillage system (AG 8088 VT PRO) was intercropped with Brachiaria grass (Urochloa brizantha cv. Marandu) at 0.70 m between rows, at  distance of 1 meter between the first sowing line of maize/Brachiaria and eucalypt rows. The yields of maize forage, maize grains and Brachiaria among the eucalypt rows were similar to the productivities in full sun from 3.8 m distance between maize and eucalypt lines. Grain yield and maize fodder yields were directly influenced by the reduction of the distance between the sowing lines and the eucalypt rows with three years of implantation at 15x2 spacing. The arboreal component in Integrated Crop-Livestock-Forest system alters the environment in the sub-forest, reducing the incidence of photosynthetically active radiation among the ranks, directly reducing forage and maize grains yields in intercropping system with U. brizantha.

Keywords: Zea mays, U. brizantha, eucalypt, intercropping system.


Palavras-chave


Milho, Capim, Eucalipto, Consórcio de culturas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v17n1p111-121