UTILIZAÇÃO DE RAIOS X NA AVALIAÇÃO DA MORFOLOGIA INTERNA DE SEMENTES DE SORGO

MAICON JAVORSKI, SILVIO MOURE CICERO

Resumo


RESUMO - A utilização de raios X em sementes é uma técnica eficiente na avaliação da morfologia interna de sementes de diversas espécies; trata-se de um método rápido, preciso e não destrutivo. Assim, a presente pesquisa teve o objetivo de avaliar a morfologia interna das sementes de sorgo, por meio de raios X, e relacioná-la com a germinação. Para tanto foram utilizadas sementes do híbrido 50A70, representado por dez lotes. As sementes radiografadas foram submetidas ao teste de germinação, de modo a relacionar a morfologia interna das sementes com as respectivas plântulas normais, anormais ou sementes mortas. Concluiu-se que o teste de raios X é eficiente na identificação de danos por deterioração de tecidos, danos mecânicos, danos por malformação e danos por insetos, possibilitando estabelecer a relação entre o dano observado e o prejuízo causado para a germinação.

Palavras-chave: Sorghum bicolor, análise de imagens, germinação.

X-RAY IN THE EVALUATION OF INTERNAL MORPHOLOGY OF SORGHUM SEEDS

ABSTRACT - The use of X-ray in seeds is an efficient technique for the evaluation of the internal seed morphology; it is considered a fast, accurate and non-destructive method. Thus, this study aimed to evaluate the internal morphology of sorghum seeds through X-ray. Therefore, seeds of hybrid 50A70 were used, represented by ten lots. The X-rayed seeds were submitted to germination test in order to associate the internal morphology of the seeds with normal or abnormal seedlings and dead seeds. The results allowed concluding that the X-ray test is effective in identifying damage tissue deterioration, mechanical damage, malformation damage and insect damage, enabling to establish a relationship between the observed damage and the negative effect on germination.

Keywords: Sorghum bicolor, image analysis, germination.


Palavras-chave


Sorghum bicolor, análise de imagens, germinação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v16n2p310-318