PLANTAS DE COBERTURA E ADUBAÇÃO NITROGENADA NO MILHO EM PLANTIO DIRETO SOB INFLUÊNCIA DE DÉFICIT HÍDRICO EM SOLO DE CERRADO

GUILHERME FELISBERTO, PATRÍCIA APARECIDA DE CARVALHO FELISBERTO, LEANDRO FLÁVIO CARNEIRO, PAULO CÉSAR TIMOSSI, FLÁVIO HIROSHI KANEKO, JEANDER OLIVEIRA CAETANO

Resumo


RESUMO – A resposta à adubação nitrogenada da cultura do milho é dependente do tipo de solo, sistema de cultivo, dose empregada e cultura antecessora. Nesse contexto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar os efeitos dos resíduos vegetais de plantas de cobertura e da adubação nitrogenada no milho cultivado em sequência, sob sistema de plantio direto em consolidação no Cerrado. O experimento foi constituído de um fatorial 10 x 4, em delineamento de blocos casualizados e esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os tratamentos das parcelas foram os resíduos do cultivo de dez plantas de cobertura (Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Crambe abyssinica, Crotalaria juncea, Crotalaria ochroleuca, Crotalaria spectabilis, Mucuna aterrima, Pennisetum glaucum, Raphanus sativus e Urochloa ruziziensis) e, nas subparcelas, foram testadas quatro doses de nitrogênio (0, 50, 100 e 150 kg ha-1 de N) em cobertura no estádio V5 da cultura do milho. Observou-se baixa resposta à adubação nitrogenada em cobertura, o que foi atribuído principalmente à ocorrência de déficit hídrico nas fases de florescimento e enchimento de grãos. De modo geral, as características agronômicas do milho foram mais influenciadas pela adubação nitrogenada do que pelas plantas de cobertura cultivadas anteriormente. O ganho médio de produtividade de grãos foi da ordem de 3,7 kg para cada 1 kg de N aplicado. O milho após Urochloa ruziziensis e Crambe abyssinica apresenta menor produtividade em relação ao uso das outras espécies de plantas de cobertura, independentemente da adubação nitrogenada.

Palavras-chave: adubação verde, sistema conservacionista, veranico, Zea mays.

COVER CROPS AND NITROGEN FERTILIZATION ON MAIZE GROWN IN NO-TILLAGE SYSTEM UNDER WATER DEFICIT ON CERRADO SOIL

ABSTRACT - The response to nitrogen fertilization of the corn is dependent on the type of soil, cropping system, dose used and preceding crop. In this context, the goal of the present study was to evaluate the effects of cover crops residues and nitrogen fertilization on corn grown in succession, under no-tillage system in the Cerrado region. The experiment was arranged in a factorial 10 x 4, in a randomized complete block design and subdivided plot scheme, with four replications. The treatments of the plots were the residues of ten cover crops (Cajanus cajan, Canavalia ensiformis, Crambe abyssinica, Crotalaria juncea, Crotalaria ochroleuca, Crotalaria spectabilis, Mucuna aterrima, Pennisetum glaucum, Raphanus sativus and Urochloa ruziziensis) and in the subplots four nitrogen doses (0, 50, 100 and 150 kg ha-1 of N) were tested in the V5 stage of the corn. A low response to nitrogen fertilization was observed, which was mainly attributed to the occurrence of water deficit at the flowering and grain filling stages. In general, the agronomic characteristics of corn were more influenced by nitrogen fertilization than by the cover crops previously cultivated. The average gain of grain yield was of the order of 3.7 kg for each 1 kg ha-1 of N applied. Corn after Urochloa ruziziensis and Crambe abyssinica presented lower productivity compared to the use of other cover crop species, regardless nitrogen fertilization.

Keywords: green manure, conservation tillage system, summer water deficit, Zea mays.


Palavras-chave


adubação verde, cerrado, sistema conservacionista, Zea mays.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v15n3p439-449