CRESCIMENTO DE CAPINS TROPICAIS CULTIVADOS EM CONSÓRCIO COM MILHO NO PLANALTO CATARINENSE

EDUARDO LEONEL BOTTEGA, KELEN CRISTINA BASSO, JONATAS THIAGO PIVA, SAMUEL LUIZ FIOREZE, RENATA FRANCIÉLI MORAES, LAERCIO FRANCISCO FERRARI

Resumo


RESUMO – O consórcio de milho com capins trata-se de uma prática bastante utilizada em regiões de clima tropical; entretanto, nada se conhece sobre sua adoção em regiões de clima temperado. Este trabalho objetivou avaliar o crescimento de diferentes capins e sua influência sobre o rendimento do milho em função do sistema de semeadura adotado no cultivo em consórcio no Planalto Catarinense. O experimento foi implantado em esquema fatorial 3x3, sendo os fatores compostos por três sistemas de semeadura do capim e três cultivares de braquiária. As médias foram avaliadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. O maior aporte de matéria seca total foi obtido pelo capim Urochloa ruziziensis cv. Ruziziensis. As espécies de capim estudadas apresentaram boa adaptação para o consórcio com a cultura do milho no Planalto Catarinense, sem afetar a produtividade da cultura do milho.

Palavras-chave: Urochloa brizantha, U. ruziziensis, Zea mays, Produtividade, Integração Lavoura-Pecuária.

GROWTH OF TROPICAL GRASSES CULTIVATED WITH MAIZE IN THE SANTA CATARINA STATE

ABSTRACT – The intercropping maize with grasses is a practice widely used in tropical climates, but nothing is known about the use in temperate regions. This study aimed to evaluate the growth of different grasses and the effect on maize yield considering the seeding system adopted in the intercropping. The experiment was established in a 3x3 factorial scheme comprising three grass seeding systems and three cultivars of grass. The means were evaluated by Tukey test at 5 % probability. The higher amount of total dry matter was observed in Urochloa ruziziensis cv. Ruziziensis. The studied grass species showed good adaptation to the intercropping with maize in Santa Catarina Plateau, without affecting the maize yield. 

Keywords: Urochloa brizantha, U. ruziziensis, Zea mays, Yield, Crop Livestock Integration.


Palavras-chave


Urochloa brizantha, U. ruziziensis, Zea mays, Produtividade, Integração Lavoura-Pecuária

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v15n3p509-519