EVALUATION OF MAIZE HYBRIDS TOLERANT TO PHAEOSPHAERIA LEAF SPOT, GRAY LEAF SPOT AND COMMON RUST AND YIELD

RENATO BARBOSA CAMARGOS, JOÃO CANDIDO DE SOUZA, EDUARDO ALVES, CARLOS EDUARDO CAIXETA DE CASTRO, PAULO EDUARDO RODRIGUES PRADO, RAFAEL PARREIRA DINIZ

Resumo


 

ABSTRACT - The objectives of this study were to identify maize hybrids which have high grain yield and resistance to Phaeosphaeria leaf spot, gray leaf spot and common rust, as well as to estimate the most efficient period for measuring the reaction of the hybrids to the pathogens. Two experiments were set up in Lavras, MG, Brazil, assessing 30 hybrids in the season of 2011/2012. The experimental design was a 6 x 5 lattice arrangement with three replications. Grain yield was evaluated and five assessments of disease severity were performed at ten-day intervals as of 60 days after maize emergence. After that, the area under the disease progress curve (AUDPC) and the Spearman correlations between the diseases and the various assessment periods for each disease were estimated. It was found that the hybrids GNZ9626 PRO and GNZ9501 PRO have high grain yield and a satisfactory level of resistance to Phaeosphaeria leaf spot, gray leaf and common rust, and that assessment of the level of resistance to these diseases should be performed in the period from 80 to 100 days after plant emergence, which provides results similar to AUDPC.

Keywords: Zea mays L., Leaf diseases, Genetic resistance.

AVALIAÇÃO DE HÍBRIDOS DE MILHO À MANCHA BRANCA, CERCOSPORIOSE E FERRUGEM COMUM E À PRODUTIVIDADE

RESUMO - Os objetivos deste trabalho foram identificar híbridos de milho que apresentem alta produtividade de grãos e resistência à mancha-branca, cercosporiose e ferrugem comum, bem como estimar a época de avaliação mais eficiente para mensurar a reação dos híbridos aos patógenos causadores dessas doenças. Para isso, foram instalados dois experimentos no município de Lavras, MG e avaliados 30 híbridos no ano agrícola de 2011/2012. O delineamento experimental utilizado foi o látice 6 x 5 com três repetições. Foi avaliada a produtividade de grãos e realizadas cinco avaliações da severidade dessas enfermidades, em intervalos de 10 dias, a partir de 60 dias da emergência das plantas. Posteriormente, estimou-se a área abaixo da curva de progresso das doenças (AACPD) e a correlação de Sperman entre as mesmas com as diversas épocas de avaliação de cada doença. Constatou-se que os híbridos GNZ9501 PRO e GNZ9626 PRO apresentam alta produtividade de grãos e satisfatório nível de resistência à mancha-branca, cercosporiose e ferrugem comum e que para a avaliação do nível de resistência a essas enfermidades deve-se optar pela avaliação no período que compreende 80 a 100 dias após a emergência das plantas, o qual fornece resultados semelhantes à AACPD.

Palavras-chave: Zea mays L., Doenças foliares, Resistência genética.


Palavras-chave


Zea mays L. Doenças foliares. Resistência genética

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v16n1p72-81