DESFOLHAMENTO ARTIFICIAL E SEUS EFEITOS NOS PARÂMETROS MORFOLÓGICOS E PRODUTIVOS EM HÍBRIDOS DE MILHO

VELCI QUEIRÓZ DE SOUZA, IVAN RICARDO CARVALHO, DIEGO NICOLAU FOLLMANN, MAICON NARDINO, RAFAEL BELLÉ, DIEGO BARETTA, DENISE SCHMIDT

Resumo


O objetivo do trabalho foi investigar o desfolhamento artificial em estádios vegetativos e reprodutivosdo milho sobre caracteres morfológicos e da produtividade, buscando quantificar, em proporções, os efeitossobre cultivares híbridas empregadas em larga escala no cenário nacional. O experimento foi conduzido na áreaexperimental da Universidade Federal de Santa Maria, campus de Frederico Westphalen, vinculada ao Laboratóriode Melhoramento Genético e Produção de Plantas, RS, durante os anos agrícolas de 2010 / 2011 e de 2011 / 2012.Foram testados três híbridos simples, que apresentam elevado potencial para a produtividade de grãos: DKB 240;P30F53H; e DKB 250. Os híbridos foram avaliados com sua área foliar intacta e submetidos a nove níveis de desfolhapara as duas safras. A desfolha artificial na cultura do milho em estádios reprodutivos afeta negativamente algunscomponentes do rendimento para as cultivares híbridas utilizadas. Quando ocasionada após o florescimento, reduziunas proporções de 84%, 73% e 82% a produtividade de grãos das cultivares híbridas DKB240, DKB250 e P30F53Hna safra 2011 / 2012.

Palavras-chave


zea mays L., área foliar, níveis de desfolha, rendimento de grãos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v14n1p61-74