PRODUÇÃO DE BIOMASSA E COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DE DUAS CULTIVARES DE MILHETO SEMEADO EM DIFERENTES ÉPOCAS

EDUARDO DE PAULA SIMÃO, MIGUEL MARQUES GONTIJO NETO, EDSON APARECIDO SANTOS, IVAN JANNOTTI WENDLING

Resumo


Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a produção de biomassa e a qualidade de duas cultivares de milheto (ADR 500 e BRS 1503) semeadas em diferentes épocas (01/02, 18/02, 27/02 e 12/03/2013), após a colheita de milho silagem. O estudo foi conduzido no campo experimental da Embrapa Milho e Sorgo, em Sete Lagoas, MG. O delineamento utilizado foi blocos casualizados com cinco repetições. Observou-se que o acúmulo de matéria seca das cultivares estudadas foi influenciado pela época de semeadura, alcançando produtividade máxima próxima de 7.500 kg ha-1. Os teores de fibra em detergente neutro e detergente ácido foram diferentes em cada cultivar, mas a produtividade de proteína bruta (PB) não foi influenciada pela cultivar ou época de cultivo, e os valores encontrados ficaram próximos de 430 kg ha-1 de PB.

Palavras-chave


Pennisetum glaucum (L.) R. Brown, ADR500, BRS1503, Sucessão de culturas, valor nutritivo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v14n2p196-206