TRATAMENTOS HOMEOPÁTICOS E DENSIDADE POPULACIONAL DE Spodoptera frugiperda (J. E. SMITH, 1797) (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) EM PLANTAS DE MILHO NO CAMPO

ÂNGELA ALVES DE ALMEIDA, JOÃO CARLOS CARDOSO GALVÃO, VICENTE WAGNER DIAS CASALI, ERALDO RODRIGUES DE LIMA, GLAUCO VIEIRA MIRANDA

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a densidade populacional da lagarta-do-cartucho, Spodoptera frugiperda, em plantas de milho tratadas ou não com três preparados homeopáticos: Doru CH4, Euchlaena CH6, Spodoptera CH30. A diluição utilizada foi de 10 gotas do preparado por 500 mL de água. Os tratamentos foram aplicados com pulverizador costal de cinco litros, no intervalo de quatro dias. As avaliações foram feitas a partir do estádio de quarta folha completamente desenvolvida, até o aparecimento da oitava folha. Foi avaliado o número de plantas atacadas pela lagarta-do-cartucho. Os preparados homeopáticos Spodoptera CH30 e Euchlaena CH6 reduziram a população de S. frugiperda nos estádios de quatro, seis e oito folhas completamente desenvolvidas, com nível satisfatório de controle.


Palavras-chave


Zea mays, homeopatia, lagarta-do-cartucho, cultivo orgânico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v2n02p%25p