ÉPOCAS DE SEMEADURA E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE PLANTAS NA PRODUÇÃO DE MILHO

JOAQUIM VICENTE UATE, RENZO GARCIA VON PINHO, LEANDRO LOPES CANCELLIER, ALEX CAMILO, LUIZ ANTONIO YANES BERNARDO JÚNIOR

Resumo


RESUMO – O aumento da densidade de plantas, a diminuição do espaçamento entre fileiras e a adequação da época de semeadura, associados à escolha do híbrido, estão entre as práticas empregadas para a obtenção de maiores produti-vidades de grãos na cultura do milho. Objetivou-se neste trabalho estudar o comportamento de cultivares de milho sob duas épocas de semeadura, associadas a três densidades de plantas e dois espaçamentos entre fileiras. Os experimentos foram instalados em duas épocas (30/11/11 e 30/01/12) em área experimental da Universidade Federal de Lavras, em Lavras/MG. Em cada época, a área disponível foi dividida em duas glebas, consistindo nos espaçamentos de 0,55 e 0,80 m, avaliando quatro híbridos sob três densidades de semeadura com três repetições. Os dados foram inicialmente analisados por experimento e posteriormente foi feita a análise conjunta incluindo as duas épocas. Nas condições em que a pesquisa foi realizada, pode-se afirmar que o atraso na época de semeadura provoca redução significativa nas características avaliadas. A escolha do espaçamento entrelinhas independe da população de plantas há-1 e o aumento da densidade de semeadura influencia positivamente a produtividade de grãos na cultura de milho.

Palavras-chave: Zea mays, recomendação de cultivares, população de plantas, espaçamento reduzido, semea-dura tardia.


SOWING DATE AND SPATIAL DISTRIBUTION OF PLANTS IN MAIZE PRODUCTION

ABSTRACT - The increase of plant density, the decrease of row spacing and the appropriate sowing date, associated with hybrid choice, are among the practices employed to achieve higher grain productivity in maize crops. The objective of this work was to study the behavior of maize cultivars under two sowing dates, associated with three plant densities and two-row spacings. The trials were accomplished in two growing seasons (11/30/2011 and 01/30/2012) in an experimental area of Universidade Federal de Lavras, in Lavras/MG. The area was divided into two plots using 0.55 and 0.8 m row spacings and  the performances of the four hybrids were evaluated under three sowing densities, with three replications. The data obtained were subjected to an individual variance analysis per experiment, and also a joint variance analysis was performed.. The results showed that the delay in sowing date causes significant reduction in the analyzed variables. The choice of row spacing is independent of the plant density, and the increase of density  positively affected grain yield in maize.

Keywords: Zea mays, hybrid, plant population, row spacing, late sowing.


Palavras-chave


Zea mays, população de plantas, recomendação de cultivares, espaçamento reduzido, semeadura tardia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v14n3p346-357