INCIDÊNCIA DE Bipolaris bicolor EM SEMENTES DE SORGO GRANÍFERO NO BRASIL

DANIEL DIEGO COSTA CARVALHO, ALEXANDRE MOISÉS ERICSSON OLIVEIRA, HELOÍSA MARIA DA SILVA LAGO, FABRÍCIO RODRIGUES

Resumo


 

O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência de Bipolaris sp. em sementes de dez cultivares de sorgo granífero (BRS308, BRS309, BRS310, BRS330, BRS332, AG1040, DKB551, 50A50, AS4610 e 1G282). A análise de incidência foi realizada pelo método blotter test, utilizando sementes das dez cultivares, provenientes de experimento de campo conduzido sem fungicidas. Para cada cultivar (tratamento), foram empregadas oito caixas acrílicas gerbox (25 sementes gerbox-1) no teste de incidência. Após dez dias a 25 ºC e fotoperíodo de 12 h, a avaliação foi realizada examinando-se individualmente todas as sementes em microscópio estereoscópio, a partir das quais micélio foi removido para a confecção de lâminas semipermanentes usadas para caracterização e identificação das espécies de fungos encontradas. Baseando-se nas características dos conídios encontrados nas sementes das dez cultivares, dados da literatura indicaram tratar-se de Bipolaris bicolor. Além disso, as cultivares BRS330 e BRS332 foram as que apresentaram a menor percentagem de incidência de B. bicolor nas sementes, a qual foi de 8,0 e 12,0%, respectivamente. As preparações microscópicas contendo estruturas e esporos do fungo foram depositadas no Laminário Fitopatológico da Universidade Estadual de Goiás.


Palavras-chave


patologia de sementes, taxonomia de fungos, micologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v13n2p240-247