CAPACIDADE COMBINATÓRIA DE HÍBRIDOS DE MILHO PARA CARACTERES AGRONÔMICOS E BROMATOLÓGICOS DA SILAGEM

ELIZA GRALAK, MARCOS VENTURA FARIA, OMAR POSSATO JÚNIOR, EVANDREI SANTOS ROSSI, CARLOS AUGUSTO DA SILVA, DIEGO ARY RIZZARDI, MARCELO CRUZ MENDES, MIKAEL NEUMANN

Resumo


 

Na cultura do milho, a utilização de delineamentos dialélicos para seleção de genótipos é muito difundida devido à facilidade de cruzamentos para obtenção dos híbridos. Foram avaliadas as capacidades geral (CGC) e específica (CEC) de combinação de sete híbridos comerciais de milho em dialelo completo (genitores, cruzamentos F1 e recíprocos), em dois locais do Centro-Sul paranaense (Guarapuava e Candói), quanto às características agronômicas e bromatológicas da silagem. Foram verificados efeitos significativos da CGC para todos os caracteres agronômicos, exceto para rendimento de grãos em Candói. Houve efeito significativo da CEC para altura de planta e rendimento de grãos. Houve efeito significativo da CGC para fibra em detergente neutro (FDN) e não houve efeito significativo da CEC para as características bromatológicas da silagem. Os híbridos P30P34 e GNZ2004 apresentaram estimativas favoráveis da CGC para rendimento de grãos e o cruzamento entre eles teve CEC também positiva em Guarapuava. Houve predomínio dos efeitos aditivos dos genes que controlam o teor de fibra em detergente neutro (FDN) e os híbridos GNZ2004 e DKB234 se mostraram promissores para a formação de populações base visando à redução dos teores de FDN. Não foi verificado efeito recíproco significativo nas características avaliadas.


Palavras-chave


Zea mays; dialelo; melhoramento genético; fibra em detergente neutro

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v13n2p187-200