FERTILIZAÇÃO DO MILHO SILAGEM UTILIZANDO CAMA DE FRANGO EM DOSES E SISTEMAS DE APLICAÇÃO DISTINTOS

MARCO AURÉLIO NOCE, ANTONIO CARLOS OLIVEIRA, DIEGO OLIVEIRA CARVALHO, FREDSON FERREIRA CHAVES

Resumo


 

Avaliou-se o efeito, na produção de silagem de milho, da fertilização utilizando cama de aviário de corte em duas doses (6 e 3 t ha-1), adicionando ou não uma fonte de fósforo (250 kg ha-1 de superfosfato simples), em duas formas de aplicação, a lanço e na linha, comparativamente a duas testemunhas adicionais, sem adubação e com adubação química. O experimento foi conduzido na Embrapa Milho e Sorgo, de março a agosto de 2009. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema fatorial 2 x 2 x 2, com duas testemunhas adicionais. Verificou-se que a influência da dose de cama aplicada sobre os dados de produção da cultura do milho varia de acordo com a forma de aplicação e com a adição ou não de fósforo. Os resultados demonstraram que, nas condições do experimento, quando se concentra a aplicação da cama de frango na linha de plantio e/ou adiciona-se uma fonte de fósforo ao composto, pode-se trabalhar com doses menores do produto, sem prejuízo para a produtividade do milho.

 


Palavras-chave


Adubação, Resíduo, Fósforo, Formas de aplicação, Zea mays h.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v13n2p232-239