FITO-HORMÔNIOS NO DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO E GERMINAÇÃO DAS SEMENTES DE SORGO SACARINO

ANDRE MAY, PAULO CÉSAR MAGALHÃES, MARINA CHAMON ABREU, NÁDIA NARDELY LACERDA DURÃES PARRELLA, MONICA MATOSO CAMPANHA, ALEXANDRE FERREIRA SILVA, ROBERT EUGENE SCHAFFERT, RAFAEL AUGUSTO DA COSTA PARRELLA

Resumo


 

Com o objetivo de avaliar o efeito de doses e das épocas de aplicação de diferentes reguladores de crescimento no sorgo sacarino e sua influência sobre o desenvolvimento da planta e a germinação das sementes produzidas,  foi  instalado  em  setembro  de  2011,  em  Sete  Lagoas,  MG,  Brasil,  na  Embrapa  Milho  e  Sorgo,  um experimento  em  casa  de  vegetação  com  três  ingredientes  ativos  comerciais  (trinexapac-ethyl,  paclobutrazol  e daminozida), testando-se seis doses para cada produto em duas épocas de aplicação ao longo do ciclo. Observou-se que o ingrediente trinexapac-ethyl foi o mais efetivo na redução do desenvolvimento vegetativo das plantas de sorgo sacarino, quando aplicado duas vezes ao longo do ciclo da cultura, mas com grave prejuízo sobre a qualidade das sementes produzidas.


Palavras-chave


Sorghum bicolor; fitohormônios; acamamento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v12n1p33-43