DOSE DE NITROGÊNIO ASSOCIADO A ENXOFRE ELEMENTAR EM COBERTURA NA CULTURA DO MILHO EM PLANTIO DIRETO

MARCELO CRUZ MENDES, ANA LAURA BALZAN WALTER, OMAR POSSATO JUNIOR, DIEGO ARY RIZZADI, JHONATAN SCHLOSSER, KATHIA SZEUCZUK

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência agronômica de duas fontes de fertilizantes nitrogenados, ureia e ureia com enxofre, associados a diferentes doses em cobertura, na manifestação de caracteres agronômicos na cultura do milho em sistema de plantio direto. O experimento foi conduzido no município de Guarapuava, PR, os tratamentos foram realizados nos estádios de 4 folhas e 6 folhas, sendo: 150 + 150 kg ha-1 de N (ureia 45%); 200 + 200 ha-1 de N; 150 + 150 ha-1 de N (ureia 37%) + enxofre (17%); 200 + 200 ha-1 de N (ureia 37%) + enxofre (16%) e o tratamento testemunha (0 kg N e S). As características agronômicas dos híbridos de milho avaliados são dependentes do estado nutricional das plantas e da resposta da cultura à aplicação de nitrogênio e enxofre em cobertura, sendo esta em função da formulação e da dose utilizadas. Houve aumento na produtividade de grãos de milho quando associado o uso do fertilizante em cobertura a ureia com enxofre 200 + 200 ha-1, frente aos demais tratamentos avaliados em cobertura, independente do híbrido utilizado. Os tratamentos em cobertura com nitrogênio e enxofre proporcionaram maiores teores foliares de enxofre, quando comparados aos tratamentos com nitrogênio e tratamento testemunha, ambos sem enxofre na formulação.


Palavras-chave


Zea mays; adubação nitrogenada; ureia; fonte de enxofre

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v13n1p96-106