DESEMPENHO AGRONÔMICO E ESTABILIDADE FENOTÍPICA DE HÍBRIDOS DE SORGO GRANÍFERO

JANEO EUSTÁQUIO DE ALMEIDA FILHO, FLÁVIO DESSAUNE TARDIN, SANDRO ÂNGELO DE SOUZA, VICENTE DE PAULO CAMPOS GODINHO, MILTON JOSÉ CARDOSO

Resumo


O sorgo granífero é uma das culturas que vêm apresentando significativo aumento de produtividade e área plantada no Brasil, com isso vem a importância de cultivares com rendimento estável. O trabalho teve o objetivo de avaliar o rendimento de grãos e a interação entre genótipos e ambiente (GxA) de 25 híbridos simples de sorgo granífero, em distintos ambientes. Para o estudo, foram conduzidos sete experimentos: um em Acreúna-GO, um em Itumbiara-GO, três com diferentes saturações por alumínio, em Sete Lagoas-MG, um em Vilhena-RO e um em Teresina-PI. Os experimentos seguiram o delineamento de blocos casualizados, com três repetições. Os genótipos avaliados foram: 0307401; 0090061; 0307363; 0307343; 0090035; 0307509; 0307421; 0307511; 0307541; 0577393; 0144015; 0307167; 0144013; 0307689; 9920045; 0307561; 0307671; 0577337; 0441347 e 0577335, esses provenientes do programa de melhoramento genético da Embrapa Milho e Sorgo e as cultivares comerciais 1G220; Dow 822; BRS 308; 1G150 e BRS 310. Para a avaliação estatística, foi realizada a análise de variância e teste F. Para a realização de comparações múltiplas de médias, foi realizado o teste de Scott e Knott (1974) e a estabilidade fenotípica foi mensurada pela análise de Annicchiarico (1992). O rendimento de grãos foi dependente do ambiente. Os híbridos 0307689, 0307671, 1G220 0307343, 1G150, 0307363, BRS 308, 0009061, 9920045, BRS 310, 0307541 0441347, 0144015, 0307421 e 0307401,obtiveram destaque, por possuírem rendimento de grãos superior à média geral (4,10 t.ha-1) e apresentaram maior estabilidade fenotípica, considerando todos os ambientes.


Palavras-chave


Sorghum bicolor, rendimento, interação GxA, melhoramento genético.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v9n01p51-64