QUALIDADE NUTRICIONAL DE SEIS HÍBRIDOS DE SORGO COM CAPIM SUDÃO SUBMETIDOS A ÉPOCAS DE PLANTIO E CORTES DISTINTAS SUDÃO SUBMETIDOS A ÉPOCAS DE PLANTIO E CORTES DISTINTAS

MÁRCIO HENRIQUE RIBEIRO GONTIJO, ANA LUIZA COSTA CRUZ BORGES, LÚCIO CARLOS GONÇALVES, JOSÉ AVELINO SANTOS RODRIGUES, SILAS PRIMOLA GOMES, IRAN BORGES, NORBERTO MÁRIO RODRIGUEZ, MARIANA MAGALHÃES CAMPOS, CARLOS GIOVANI PANCOTI

Resumo


Foram avaliados quatro híbridos experimentais (ATF 54 x CMSXS 912, CMSXS 156 x CMSXS 912, CMSXS 157 x CMSXS 912 e CMSXS 210 x CMSXS 912) e duas cultivares comerciais de Sorghum bicolor cv bicolor X Sorghum bicolor cv sudanense (AG2501C e BRS800) quanto ao valor nutritivo: produções de MS digestível (MSD t/ha), digestibilidade in vitro da MS (DIVMS%), proteína bruta (PB%), fibra em detergente neutro (FDN%), fibra em detergente ácido (FDA%), fósforo (P%) e cálcio (Ca%). Os híbridos foram submetidos a três cortes sucessivos e o plantio foi realizado em duas épocas diferentes. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso e a comparação de médias foi efetuada pelo teste de SNK, a 5% de probabilidade. Os híbridos ATF 54 x CMSXS 912 e AG 2501-C apresentaram valores médios de produção 1,28 t de MSD/ha superiores nas duas épocas de plantio. Ocorreram diferenças entre os híbridos quanto aos teores de PB, com valor médio de 16,33%, Ca com valores entre 0,42% e 0,49% e teores de P com valor médio de 0,26%. O híbrido BRS 800 foi superior (p < 0,05) quanto ao teor médio de P (0,28%), teor médio de PB (17,32%), sendo semelhante ao híbrido CMSXS 210 x CMSXS 912, que obteve o valor de 16,75%.


Palavras-chave


forragem, regime de corte, Sorghum bicolor, valor nutritivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v7n01p%25p