POTENCIAL FORRAGEIRO DE SEIS HÍBRIDOS DE SORGO COM CAPIM SUDÃO

MÁRCIO HENRIQUE RIBEIRO GONTIJO, ANA LUIZA COSTA CRUZ BORGES, LÚCIO CARLOS GONÇALVES, JOSÉ AVELINO SANTOS RODRIGUES, SILAS PRIMOLA GOMES, IRAN BORGES, NORBERTO MÁRIO RODRIGUEZ, MARIANA MAGALHÃES CAMPOS

Resumo


Avaliaram-se quatro híbridos experimentais e duas cultivares comerciais de Sorghum bicolor cv bicolor x Sorghum bicolor cv sudanense quanto às características agronômicas: produções de matéria verde por hectare (MV/ha), matéria seca (MS/ha), altura das plantas, número de plantas/ha, taxa de rebrota e relação folha/haste. Os plantios ocorreram na transição do período seco para o período chuvoso. Os híbridos foram submetidos a três cortes sucessivos, realizados em duas épocas de plantio. Foi empregado um delineamento experimental de blocos ao acaso e a comparação de médias foi efetuada pelo teste de SNK, a 5% de probabilidade. Os híbridos estudados não diferiram para a maioria das características avaliadas, com exceção da população de plantas, em que o híbrido experimental ATF 54 x CMSXS 912, com 848 mil plantas/há, foi semelhante (P > 0,05) aos híbridos testemunhas (comerciais) AG2501C, com 780 mil plantas/ha, e ao BRS800, com 749 mil plantas/ha, sendo superior (P < 0,05) aos demais híbridos. Os resultados de produtividade indicam o potencial dos híbridos de sorgo com capim Sudão estudados para serem utilizados como alternativa para a produção de forragem em regime de corte, na transição do período seco para o período chuvoso.


Palavras-chave


características agronômicas, híbridos de sorgo com capim Sudão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v7n01p%25p