DESEMPENHO DE NOVILHOS CONFINADOS ALIMENTADOS COM SILAGENS DE MILHO OU SORGO, ASSOCIADAS A TRÊS NÍVEIS DE CONCENTRADO

MIKAEL NEUMANN, ITACIR ELÓI SANDINI, PAULO ROBERTO OST, MARGARETE KIME FALBO, SEBASTIÃO BRASIL CAMPOS LUSTOSA, LUIZ GIOVANI DE PELLEGRINI

Resumo


O experimento foi conduzido no Núcleo de Produção Animal (NUPRAN) da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO)e teve por objetivo avaliar o desempenho de novilhos em confinamento, alimentados com silagens de milho (Zea mays) ou sorgo (Sorghum bicolor), associadas a três níveis de concentrado, num esquema fatorial 2 x 3: dois volumosos (silagem de milho e silagem de sorgo) e três níveis de concentrado (0,8, 1,0 e 1,2% do peso vivo). Foram utilizados 36 novilhos inteiros, da raça Charolês, provenientes do rebanho da própria estação, com idade média de oito meses e peso vivo médio inicial de 266 kg. A dieta à base de silagem de milho proporcionou maior ganho de peso e melhor conversão alimentar para bovinos em confinamento, em relação à dieta a base de silagem de sorgo. A silagem de sorgo, quando associada à suplementação de concentrado, na proporção de 1,2% do peso vivo, não apresentou limitação energética para propiciar ingestões de matéria seca e ganhos de peso similares às dietas com silagem de milho.


Palavras-chave


confinamento, ganho de peso, ingestão alimentar, silagem de sorgo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v6n03p%25p