MELHORAMENTO INTRAPOPULACIONAL RECORRENTE DE MILHO-PIPOCA, COM FAMÍLIAS DE MEIOS-IRMÃOS

JOSÉ MARCELO SORIANO VIANA

Resumo


Seleção de famílias de meios-irmãos é o método mais comum de melhoramento de milho. Como as informações sobre a eficiência desse processo estão, em geral, apoiadas em ganhos preditos, o objetivo deste trabalho é discutir a eficiência da seleção entre e dentro de famílias de meios-irmãos, considerando ganhos realizados. A população sob melhoramento é do tipo pipoca, denominada Beija-Flor. As análises consideraram os testes de progênies dos quatro primeiros ciclos de seleção entre e dentro e quatro ensaios de competição, com populações melhoradas e testemunhas. Os três primeiros ciclos, com seleção entre empregando índice com capacidade de expansão (CE) e produção, e seleção dentro, com base em CE, proporcionaram melhoramento em qualidade e produção, reduzindo a variabilidade genotípica na população. O ganho realizado médio em CE foi de 5,6% por ciclo (5,5%, 5,4% e 5,9%, totalizando 16,8%). O ganho realizado médio em produção foi de 8,1% (– 11,3%, 67% e – 31,5%, totalizando 24,2%). As alterações indiretas nas médias dos demais caracteres foram, como esperado, considerando os ganhos preditos, desprezíveis.

 


Palavras-chave


parâmetros genéticos, ganhos realizados, seleção entre e dentro.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v6n02p%25p