RELAÇÃO DA LEITURA DO CLOROFILÔMETRO COM O N TOTAL NA FOLHA DE PAINÇO (Panicum miliaceum L.) EM FUNÇÃO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA DE COBERTURA

EDUARDO DO VALLE LIMA, TIAGO ROQUE BENETOLI DA SILVA, ROGÉRIO PERES SORATTO, CARLOS ALEXANDRE COSTA CRUSCIOL

Resumo


O medidor portátil da estimativa proporcional do teor de clorofila (índice SPAD-502) permite leituras instantâneas, podendo ser ideal para predizer as necessidades de N, pois o método realizado em laboratório é demorado e destrutivo. Portanto, o presente trabalho objetivou avaliar a relação entre a leitura do clorofilômetro com o teor de N total na folha de plantas de painço, no estádio anterior ao florescimento, em função da quantidade de N aplicada em cobertura. O experimento foi instalado em caixas de cimento amianto (50 L), sob túnel de plástico, na Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu (SP), empregando-se o delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial 2x6, em que os tratamentos utilizados foram duas cultivares de painço (AL Mogi e AL Tibagi) e seis quantidades diferentes de adubação nitrogenada (0, 40, 80, 120, 160 e 200mg/L). As variáveis analisadas foram os valores do índice SPAD nas folhas (clorofila), medido pelo clorofilômetro, e o teor de N total. Os dados foram submetidos à análise de variância, comparação de médias, regressão polinomial e análise de correlação linear simples. As cultivares apresentaram respostas semelhantes para as variáveis avaliadas, em função da adubação com N em cobertura. A aplicação de 40mg/L de N no painço foi suficiente para incrementar os valores do índice SPAD e teor de N. Os valores de SPAD e o teor de N na folha correlacionaram-se positivamente, podendo o clorofilômetro ser utilizado na indicação de possível deficiência de N para a cultura do painço.

Palavras-chave


clorofila, leitura SPAD, nutrição mineral, diagnose foliar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v6n02p%25p