RECUPERAÇÃO DO GENITOR RECORRENTE EM MILHO UTILIZANDO RETROCRUZAMENTO ASSISTIDO POR MARCADORES MICROSSATÉLITES

ANTÔNIO GILSON GOMES MESQUITA, CLÁUDIA TEIXEIRA GUIMARÃES, SIDNEY NETTO PARENTONI, EDILSON PAIVA

Resumo


Avaliou-se a utilização de marcadores microssatélites para acelerar a recuperação do genoma recorrente, em programas de retrocruzamento em milho. Uma linhagem com elevada capacidade geral de combinação para produtividade de grãos e alta inserção da espiga (L11) foi utilizada como genitor recorrente e uma linhagem com baixa inserção da espiga e baixa produtividade de grãos em cruzamento (L13) foi utilizada como genitor doador. A seleção fenotípica para baixa inserção de espiga foi realizada por dois ciclos de retrocruzamento e a recuperação do genoma do genitor recorrente nas plantas selecionadas foi monitorada utilizando-se marcadores SSR. Procurou-se, neste trabalho, comparar a recuperação do genoma recorrente em progênies de retrocruzamento selecionadas para baixa inserção da espiga, com e sem seleção assistida por marcadores. Para esse propósito, foi avaliada a produtividade de grãos dessas progênies em cruzamentos topcrosses, com uma linhagem testadora (L161), em três locais. Os resultados indicaram que os marcadores SSR foram eficientes na identificação de indivíduos com maior proporção de recuperação do genoma recorrente nos dois ciclos iniciais de retrocruzamento, permitindo um ganho de até três ciclos, se comparada com a recuperação esperada no retrocruzamento convencional. A seleção fenotípica para a baixa inserção da espiga foi eficiente, embora não tenha havido uma completa recuperação do fenótipo do genitor doador (L13), após dois ciclos de retrocruzamento. Foram obtidos híbridos topcrosses de progênies derivadas do retrocruzamento assistido mais produtivos e com inserção de espiga mais baixa que o híbrido topcross da linhagem recorrente. No entanto, as condições experimentais não permitiram concluir sobre a utilização da produtividade de grãos em híbridos topcrosses, na avaliação da recuperação dogenoma recorrente, em programas de retrocruzamento em milho.


Palavras-chave


Zea mays, altura da espiga, topcross, SAM, SSR.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v4n03p%25p