MAIZE INTERCROPPING AND NITROGEN FERTILIZATION AIMING GRAIN YIELD AND IMPLEMENT A NO-TILL SYSTEM

JOÃO DEIENNO, STEFANY SILVA DE SOUZA, ANDERSON PRATES COELHO, LEANDRO BORGES LEMOS

Abstract


A consorciação de grãos com plantas de cobertura é uma estratégia de cultivo sustentável útil para garantir a produção de palha para a implantação do sistema de plantio direto (NTS) e o fornecimento de nutrientes, principalmente N, para as safras sucessivas. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência dos sistemas de cultivo (CSs) do milho ( Zea mays L.), quando cultivado sozinho ou consorciado com crotalária e ruzigrass, em combinação com fertilização com N em cobertura, no desempenho agronômico do milho e da palha. acumulação com implementação de NTS. O experimento foi conduzido na safra 2017/2018 com delineamento de blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas com quatro repetições. As parcelas compreendiam milho sozinho, consorciado com crotalária ( Crotalaria spectabilis ) ou consorciado com ruzigrass (Urochloa ruziziensis ). As subparcelas foram submetidas a quatro doses de N: 0, 70, 140 e 210 kg ha -1 . Os sistemas consorciados promoveram maior acúmulo de N e produção de palha e não reduziram a produtividade de grãos (RG). A adição de fertilizantes N aumentou o teor de nitrogênio foliar (LNC) e RG. Consórcio com LNC de milho reduzido; no entanto, a maior aplicação de fertilizante de N em cobertura mitigou esse efeito. O consórcio de milho com culturas de cobertura é uma alternativa viável e sustentável para a agricultura, pois o milho GY não é afetado e há maior produção de palha e acúmulo de N. Portanto, a implementação do NTS ajudará no aumento da oferta de N em safras sucessivas.


Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18512/rbms2021v20e1225