INFLUÊNCIA DA DENSIDADE DE OVOS DE Spodoptera frugiperda EM ALGUNS ASPECTOS BIOLÓGICOS DE TRÊS ESPÉCIES DE Trichogramma

DIRCEU PRATISSOLI, ULYSSES RODRIGUES VIANNA, EDIVALDO FIALHO DOS REIS, GILBERTO SANTOS ANDRADE, ALEXANDRE FARIA DA SILVA

Resumo


O trabalho foi realizado no Laboratório de Entomologia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA-UFES) em câmaras climatizadas a 25 ± 1°C, 70 ± 10% UR e fotofase de 14 horas. O objetivo foi avaliar alguns aspectos biológicos de Trichogramma pretiosum, Trichogramma maxacalii e Trichogramma acacioi em diferentes densidades de ovos de Spodoptera frugiperda. As densidades utilizadas foram de 1, 5, 10, 15, 20, 25 e 30 ovos por fêmea de Trichogramma. De acordo com os resultados, a densidade do hospedeiro é um fator preponderante de variação na taxa de parasitismo, com exceção para T. acacioi. Para as três espécies de Trichogramma ficou evidenciado que o percentual de emergência dos descendentes e a razão sexual apresentam um aumento em relação ao aumento das diferentes densidades de ovos de S. frugiperda.


Palavras-chave


Zea mays L., Trichogrammatidae, Insecta, lagarta do cartucho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v4n01p%25p