AVALIAÇÃO DE SILAGENS DE SORGO (Sorghum bicolor, L. MOENCH) OU MILHO (Zea mays, L.) NA PRODUÇÃO DO NOVILHO SUPERPRECOCE

MIKAEL NEUMANN, JOÃO RESTLE, IVAN LUIS BRONDANI

Resumo


O experimento teve por objetivo estudar os parâmetros relativos ao consumo de alimentos, ganho de peso, conversão alimentar e eficiência energética de bezerros de corte em confinamento, alimentados com duas dietas, com a inclusão de silagem do híbrido de sorgo AG-2006 ou silagem do híbrido de milho AG-5011. As duas silagens apresentaram proporção similar de grãos na massa seca ensilada, sendo de 30,3% para o milho e de 29,5% para o sorgo. Foram utilizados 24 bezerros Braford com idade média de sete meses e peso vivo médio inicial de 208,5 kg. O período de confinamento foi de 126 dias, subdividido em dois períodos de 63 dias, onde a relação volumoso: concentrado, para ambas dietas testadas, foi de 60:40 para o primeiro período e de 50:50 para o segundo período de confinamento. Não houve interação (P>0,05) entre fonte de volumoso e período de avaliação para todos os parâmetros avaliados. O tipo de silagem não afetou (P>0,05) o consumo de matéria seca (CMS, 7,65 contra 7,31 kg/dia), consumo de energia digestível (CED, 22,73 contra 22,51 Mcal/dia), ganho de peso (GMD, 1,304 contra 1,278 kg/dia), conversão alimentar (CA, 5,88 contra 5,74 kg de MS/kg de PV) e eficiência energética (CE, 17,42 contra 17,67 Mcal/kg de PV).


Palavras-chave


Braford, confinamento, consumo, conversão alimentar, ganho de peso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v3n03p%25p