AVALIAÇÃO DA INCIDÊNCIA DE GEADAS EM COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO MILHO

ANGELO CESAR AJALA XIMENES, LUIZ CARLOS FERREIRA DE SOUZA, ANTÔNIO DIAS ROBAINA, MANOEL CARLOS GONÇALVES

Resumo


Com o objetivo de avaliar os efeitos das geadas, ocorridas no período de 13 a 17 de julho de 2000, nos componentes de produção e no teor de proteína bruta dos grãos de milho, atingidos em diferentes estádios de desenvolvimento e crescimento, realizaram-se dois estudos no distrito da Picadinha, município de Dourados, MS. Os dados obtidos foram analisados, considerando o delineamento experimental inteiramente casualizado, com os tratamentos arranjados em fatorial 3x5, correspondente a três locais com cinco coletas por local, totalizando 15 tratamentos com 4 repetições, para o híbrido Tork. Para o híbrido C 901, os tratamentos foram arranjados em fatorial 2x5, correspondente a duas localidades com cinco coletas, totalizando 10 tratamentos com 4 repetições. Para a comparação entre as médias, foi utilizado o teste de Duncan a 5% de probabilidade. Para avaliar o efeito das épocas de coletas, utilizou-se o modelo de regressão polinomial. Concluiu-se que, em todos os locais e híbridos de milho estudados, as plantas afetadas pelas geadas acumularam matéria seca nos grãos até estes atingirem a maturação fisiológica. O acúmulo de massa seca nos grãos é diretamente proporcional aos danos causados na área foliar das plantas e do estádio de desenvolvimento dos grãos no momento da geada.


Palavras-chave


temperatura, milho safrinha, enchimento de grãos, geada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v3n02p%25p