Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Brasileira de Milho e Sorgo?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

Submissão

Poderão ser submetidos para publicação, trabalhos técnico-científicos originais de todas as áreas referentes às culturas de milho, sorgo e espécies afins, em Português, Espanhol ou Inglês. É necessário declaração da não submissão do trabalho à publicação em outro periódico. Todos os trabalhos submetidos serão avaliados por revisores Ad-hoc qualificados e a aceitação será baseada no mérito científico. Apelação sobre um trabalho rejeitado deverá ser feita ao corpo editorial. Os trabalhos aceitos serão publicados pela ordem de recepção e registro. Para que o trabalho seja publicado é necessário que o primeiro autor seja sócio da ABMS e que esteja em dia com o pagamento de sua anuidade. Os trabalhos deverão ser enviados via eletrônica (http://rbms.cnpms.embrapa.br/index.php/ojs).

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. Originais – O texto dever ser digitado no programa Word, espaçamento 1,5, justificado, fonte normal, tipo Times New Roman, corpo 12, com margens de 2,5 cm e formato A4 (21 x 29,7cm).
  2. Numero de páginas – O artigo cientifico deve ter, no máximo, 20 páginas; as notas cientificas; 8; e as novas cultivares, 8, incluindo-se as tabelas e as figuras.
  3. Ilustrações – O número de ilustrações (tabelas e figuras) deve ser limitado, sempre que possível, a no máximo seis no artigo cientifico, a dois em notas cientificas, e a quatro em novas cultivares.
  4. Número de Literaturas Citadas – Devem ser, no máximo, 25 no artigo cientifico,  15 em notas cientificas e novas cultivares.
  5. Apresentação do artigo científico

    A ordenação do artigo deve ser feita da seguinte forma:

    Artigos em português – Título, autoria, endereços institucionais e eletrônicos, Resumo, Palavras-chave, título em inglês, Abstract, Key words, Introdução, Material e Métodos, Resultados e Discussão, Conclusões, Agradecimentos, Literatura Citada, tabelas e figuras.

    Artigos em inglês – Título, autoria, endereços institucionais e eletrônicos, Abstract, Key words, título em português, Resumo, Palavras-chave, Introduction, Material and Methods, Results and Discussion, Conclusions, Acknowledgements, Literature Cited, tables, figures.

    Artigos em espanhol – Título, autoria, endereços institucionais e eletrônicos, Resumen, Palabras-clave; título em inglês, Abstract, Key words, Introducción, Material y Métodos, Resultados y Discusión, Conclusiones, Agradecimientos, Literatura Citada, cuadros e figuras.


  6. Título

    • Deve ser grafado em letras maiúsculas, e em negrito. Deve ter, no máximo, 15 palavras, incluindo-se os artigos, as preposições e as conjunções.
    • Deve ser claro e conciso, e representar no conteúdo o objetivo do trabalho.
    •  Não deve conter nome científico, exceto de espécies pouco conhecidas; neste caso, apresentar somente o nome binário (gênero e espécie), grafado em itálico.
    • Não deve conter subtítulo, abreviações, fórmulas e símbolos.
  7. Nome dos Autores

    • Grafar os nomes dos autores com letras  maiúsculas, por extenso, separados por vírgula; os dois últimos são separados pela conjunção "e", "y" ou "and", no caso de artigo em português, espanhol ou em inglês, respectivamente.
    • O último sobrenome de cada autor deve ser seguido de um número em algarismo arábico, em forma de expoente, correspondente à respectiva chamada de endereço do autor.
  8. Nota de endereços

    • São apresentados abaixo dos nomes dos autores, o nome e o endereço postal completos da instituição e o endereço eletrônico dos autores, indicados pelo número em algarismo arábico, em forma de expoente. Devem ser agrupados pelo endereço da instituição. Os endereços eletrônicos de autores da mesma instituição devem ser separados por vírgula.
  9. Resumo

    • Deve ser sucinto, apresentando justificativa, objetivo(s) do trabalho, o que foi feito e estudado e os principais resultados e conclusões. Escrever o termo RESUMO em maiúsculas e negrito à esquerda e separado do texto por travessão.
    • Deve conter, no máximo, 200 palavras, incluindo números, preposições, conjunções e artigos.
  10. Palavras-chave

    • Os termos devem ser separados por vírgula e iniciados com letra minúscula.
    • Devem conter o nome científico (só o nome binário) da espécie estudada.
    • No máximo 5 (cinco), diferentes das palavras usadas no título do trabalho
    • Escrever o termo Palavras-chave em minúsculas e negrito à esquerda.
  11. Introdução

    • Não utilizar o termo “Introdução”. Abordar justificativas, hipóteses, revisão sucinta e atualizada do assunto e finalizar com os objetivos do trabalho.
    • Citar trabalhos dos últimos 10 anos, principalmente de periódicos; se necessário, citar trabalhos clássicos diretamente relacionados ao tema.
    • Deve ocupar, no máximo, duas páginas.
  12. Material e Métodos

    • Minúsculas, com as iniciais em maiúsculas, centralizado e negrito. Os termos Material e Métodos  devem ser grafados com letras minúsculas, exceto a letra inicial.
    • Deve incluir todas as informações necessárias que possibilitem a repetição do trabalho por outros pesquisadores
    • Apresentar a descrição do local, a data e o delineamento do experimento, e indicar os tratamentos, o número  de repetições e o tamanho da unidade experimental.
    • Apresentar a descrição dos tratamentos e variáveis em texto corrido e separados por ponto e conter a descrição detalhada dos tratamentos e variáveis
    • Na designação dos tratamentos e das variáveis, evitar, o quanto possível, as abreviações ou as siglas; quando necessário, dar o significado delas.
    • Fórmulas, expressões ou equações matemáticas devem ser iniciadas à margem esquerda da página e apresentar tamanho padronizado da fonte
    • Fazer referência à análise estatística utilizada e informar a respeito da transformação dos dados.
    • Evitar o uso de subtítulos; quando indispensáveis, grafá-los em negrito, com letras minúsculas, exceto a letra inicial, na margem esquerda da página
  13. Resultados e Discussão

    • A expressão Resultados e Discussão deve ser centralizada na página e grafada em negrito; Os termos Resultados e Discussão devem ser grafados com letras minúsculas, exceto a letra inicial.
    • Os dados das tabelas e figuras não devem ser repetidos no texto, mas discutidos frente aos apresentados por outros autores.
    • Evitar abreviar os tratamentos e as variáveis.
    • Tabelas e figuras devem ser citadas no texto da seguinte forma: Tabela ou Figura, seguidas de espaço e do número correspondente.
    • Não discutir dados não apresentados e não citar trabalhos não publicados, resumos de congressos, comunicação pessoal e trabalho no prelo.
    • Evitar auto-citação, por questões éticas e para melhor validação do trabalho.
    • Não fazer especulações ou afirmações que não possam ser sustentadas pelos dados obtidos no próprio trabalho ou por outros trabalhos citados.
    • As chamadas às tabelas ou às figuras devem ser feitas no final da primeira oração do texto em questão; se as demais sentenças do parágrafo referirem-se à mesma tabela ou a figura, não é necessária uma nova chamada.
    • Não apresentar os mesmos dados em tabelas e em figuras.
    • Restringir a discussão aos dados obtidos, e relacionar os novos achados com os conhecimentos anteriormente obtidos
    • Ocupar quatro páginas, no máximo.
  14. Conclusões

    • Minúsculas, com as iniciais em maiúsculas, centralizado e negrito.
    • Não podem consistir no resumo dos resultados; devem apresentar as novas descobertas da pesquisa e basear-se somente nos dados apresentados no trabalho.

  15.  Agradecimentos
    • A palavra Agradecimentos deve ser centralizada e negrito, minúsculas com as iniciais em maiúsculas.
    • Devem ser breves e diretos, iniciando-se com “ao, aos, à ou às” ( pessoas ou instituições).
  16. Referências

    • A expressão Referências deve ser centralizada e negrito minúsculas. O termo Referência deve ser grafado com letras minúsculas, exceto a letra inicial com as iniciais em maiúsculas.
    • Devem ser de fontes atuais e de periódicos: pelo menos 70% das referências devem ser dos últimos 10 anos e 70% de artigos de periódicos.
    • Podem conter, excepcionalmente, trabalhos clássicos mais antigos, diretamente relacionados com tema do estudo.
    • Devem ser normalizadas de acordo com a NBR 6023, da ABNT.
    • Devem ser apresentadas em ordem alfabética dos nomes dos autores, separados por ponto-e-vírgula, sem numeração.
    • Devem referenciar todos os autores de cada obra, não usar et al.
    • Devem conter os títulos das obras ou dos periódicos grafados em negrito.
    • Não são aceitas referências de resumos, documentos no prelo ou qualquer outra fonte cujos dados não tenham sido publicados.
    • Devem ser 25, no máximo.
  17. Citações

    • Citação com um autor: sobrenome grafado com a primeira letra maiúscula, seguido de vírgula e data.
    • Citação com dois autores: sobrenomes grafados com a primeira letra maiúscula, separados pelo "e" comercial (&), seguidos de vírgula e data.
    • Citação com mais de dois autores: sobrenome do primeiro autor grafado com a primeira letra maiúscula, seguido da expressão et al., em fonte normal, vírgula e data.
    • Citação de mais de uma obra: deve obedecer à ordem cronológica e em seguida à ordem alfabética dos autores, e devem ser separadas por ponto e vírgula.
    • Citação de mais de uma obra dos mesmos autores: não repetir os nomes dos autores: as datas das obras são separadas por  vírgula.
    • Citações eletrônicas no texto: citar da mesma forma que as demais. Ex.: (Guimarães & Durães, 2006).
    • Citações com os nomes dos autores incluídos na sentença: seguem as orientações anteriores, com as datas entre parênteses; são separadas por vírgulas

     

  18. Tabelas

    • Devem ser citadas no texto em ordem seqüencial numérica, com as letras maiúsculas, seguidas do número correspondente. As citações de tabela podem vir entre parênteses ou integrar o texto.
    • As tabelas devem ser numeradas seqüencialmente, com algarismo arábico, e apresentadas m folhas separadas, no final do texto após a Literatura citada.
    • Devem ser auto-explicativas, sem necessidade de recorrer ao texto para sua compreensão.
    • Elementos complementares: notas de rodapé e fonte bibliográfica.
    • O título deve ser claro, conciso, mas completo; deve incluir o nome (vulgar ou cientifico) da espécie  das variáveis dependentes.
    • No cabeçalho, os nomes das variáveis que representam o conteúdo de cada coluna devem ser grafados por extenso; se isso não for possível, explicar o significado das abreviaturas no título ou nas notas-de-rodapé.
    • Apresentar as unidades de medida de todas as variáveis, utilizando o Sistema Internacional de Unidades. Nas colunas de dados, alinhar os valores numéricos pelo último algarismo; quando for de número decimal, pela vírgula (trabalhos em português  espanhol) ou pelo ponto (trabalhos em inglês) usando o recurso de tabulação decimal; alinhar a coluna indicadora pela esquerda.
    • No corpo da tabela, nenhuma célula (cruzamento de linha com coluna) deve ficar vazia. A inexistência de dado numérico deve ser apresentada por: - (hífen) quando o fenômeno não ocorre; ... (três pontos) quando o dado é desconhecido, não aplicando que o fenômeno exista ou não; (zero) quando o fenômeno existe, porém sua expressão é menor que 1 na última casa decimal adotada.
    • Usar fios horizontais para separar o título do cabeçalho, e o cabeçalho do corpo; usá-los ainda na base da tabela, para separar o conteúdo dos elementos complementares. Fios horizontais adicionais podem ser usados dentro do cabeçalho e do corpo; não usar fios verticais.
    •  Montar as tabelas em arquivo Word, usando os recursos do menu Tabela; não fazer espaçamento utilizando a barra de espaço do teclado, mas a tecla de tabulação ou os recursos do menu Tabela.
  19. Notas de rodapé das tabelas
    • Fonte normal, tipo Times New Roman, corpo 10.
    • Notas de fonte: indicam a origem dos dados que contam da tabela; as fontes devem constar da referências.
    • Notas de chamada: são informações de caráter específico sobre as partes da tabela, para conceituar dados. São indicadas em algarismo arábico, na forma de expoente, entre parênteses, à direita da palavra ou do numero, no título, no cabeçalho, no corpo ou na coluna indicadora. São apresentada de forma contínua, sem mudança de linha, separadas por ponto. Para indicação de significância, serão utilizadas, no corpo da tabela, na forma de expoente, à direita do dado, as chamada ns  (Não-significativo); * e ** (Significativo a 5% e a 1% de probabilidade, respectivamente).
  20. Figuras

    São consideradas figuras: gráficos, desenhos, mapas e fotografias usados para ilustrar o texto.

    • Só devem acompanhar o texto quando forem absolutamente necessárias à documentação dos fatos descritos.
    • A citação das figuras no texto deve ser precedido da palavra Figura, do número em algarismo arábico e do ponto, m negrito.
    • A figura deve ser auto explicativa, para não haver necessidade de recorrer ao texto.
    • Nos gráficos, as designações das variáveis dos eixos X e Y devem ter iniciais maiúsculas, e devem ser seguidas das unidades entre parênteses.
    •  Figuras não-originais devem conter, após o título, a fonte de onde foram extraídas; as fontes devem ser referenciadas. O crédito para o autor de fotos é obrigatório, como também é obrigatório o crédito para o autor dos desenhos e gráficos que tenha exigido ação criativa em sua elaboração.
    • Padronizar as unidade e o tamanho das letras em todas as figuras.
    • Os pontos das curvas devem ser representados por marcadores contrastantes, como: círculo, quadrado, triângulo ou losango (cheios ou vazios).
    • Os números que representam as grandezas e respectivas marcas devem ficar fora do quadrante.
    • As curvas devem ser identificadas na própria figura, evitando o excesso de informações que comprometa o entendimento do gráfico.
    • As figuras não podem possuir dados constantes de tabelas.
    • Devem ser elaboradas de forma a apresentar qualidade necessária à boa reprodução gráfica e medir 8,5 ou 17,5 cm de largura.
    • Devem ser elaboradas no programa Word ou Excel para possibilitar a edição em possíveis correções. Quando utilizar outro programa enviar o nome do programa utilizado.
    • A legenda (chave das convenções adotadas) deve ser incluída no corpo da figura, no título, ou entre a figura e o título.
    • Não usar negrito nas figuras.
    • Evitar usar cores nas figuras; as fotografias, porém, devem ser coloridas.
    • As figuras, na forma de fotografias, imagens ou desenhos, com 8.5 ou 17,5 cm de largura, devem ser escaneadas com 300 dpi e gravadas em arquivos TIF, separados do arquivo do texto.
  21. Comunicações Científicas

    • Inclua o Abstract e o Resumo seguido das Key words e Palavras-chave em texto corrido.
 

Declaração de Direito Autoral

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  1. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Attribution License que permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial nesta revista.
  2. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.
  3. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.